Mão na Roda

SERVIÇO ESPECIAL MÃO NA RODA

Apresentação

No cumprimento de sua missão de "gerenciar o transporte coletivo de pessoas, buscando uma mobilidade eficaz", a Ceturb-GV implantou, em agosto de 2000, o Serviço Especial Mão na Roda, atendendo às necessidades de cadeirantes em seus deslocamentos, contribuindo, assim, com a inserção das mesmas nas diversas atividades da sociedade e efetivando o direito de exercerem plenamente sua cidadania.
Objetivo

O Serviço Especial Mão na Roda oferece um atendimento diferenciado de transporte coletivo urbano para cadeirantes da Grande Vitória, proporcionando completa inclusão social, seja nos seus compromissos profissionais, médicos, de educação ou lazer.

Informações Operacionais

O Serviço Especial Mão na Roda é operado por 25 veículos, especialmente adaptados com elevadores hidráulicos, conduzidos por motoristas treinados para realizar o transporte com conforto e segurança, uma vez que receberam aulas de direção defensiva, relacionamento interpessoal e trato com pessoas com deficiência.
Mão na Roda em números

Desde sua implantação, o Serviço Especial Mão na Roda vem sendo ampliado, possibilitando, a cada ano, a realização de mais viagens. Acompanhe a evolução do serviço nos últimos anos:

Ano Ligações Atendidas Viagens Realizadas Km Percorrida
2011 115.833 91.108 1.616.426
2012 126.600 88.842 1.631.105
2013 139.246 88.131 1.569.994
2014 157.244 95.440 1.689.301
2015 153.895 96.128 1.699.593


Atendimento

O Mão na Roda realiza as viagens dos usuários cadastrados, mediante solicitação prévia, funcionando como um serviço personalizado de transporte com deslocamentos residência/destino/residência. Os usuários podem solicitar viagens com acompanhantes, caso necessário.

Cadastro e Solicitação de Viagens

Para se cadastrar no Serviço Especial Mão na Roda, é necessário que o usuário seja cadeirante e resida nos municípios de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica ou Viana. O cadastro deve ser feito no Disque Mão na Roda 0800 038 7077, de segunda a sexta-feira, das 08 às 20 horas.
Uma vez cadastrado, o usuário que necessitar de transporte deverá efetuar o agendamento pelo Disque Ceturb, no mínimo, 48 horas antes da viagem e deverá informar os horários de ida e volta e os locais de partida e destino. Os agendamentos são feitos de segunda a sexta-feira, das 08 às 20 horas.
O Serviço Especial Mão na Roda funciona de domingo a domingo e as viagens são realizadas entre as 5 horas da manhã e a meia noite.

Inclusão Social

O Serviço Especial Mão na Roda apoia eventos esportivos e culturais que envolvem as pessoas com deficiência, tais como a Copa Internacional de Basquete em Cadeira de Rodas, o Campeonato Nacional de Tênis sobre Rodas, a Corrida Dez Milhas Garoto, apresentações de ballet e, especialmente, as Seleções Capixabas Masculina e Feminina de Basquete.

Principais Destinos

O Serviço Especial Mão na Roda busca os usuários em suas residências e os leva aos destinos para fins de tratamento de saúde, trabalho, educação e lazer. Confira os destinos mais solicitados:
Centro de Reabilitação Física do Estado do Espírito Santo (Crefes), Escola de Medicina Santa Casa de Misericória (Emescam), Apae Cariacica, Apae Vitória, Hospital Meridional, Fundação Bradesco, Associação dos Funcionários Públicos do Espírito Santo, Centro Universitário Vila Velha, (UVV).
Além destes destinos, há uma grande demanda de viagens para a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), e para shoppings centers.

Depoimentos de Usuários

"O Mão na Roda foi fundamental para a minha reabilitação. Sem o serviço, não teria voltado a andar, pois não tinha condições de me deslocar para as sessões de fisioterapia" - Márcio Rosi Dias, que perdeu o movimento das pernas após um acidente e se recuperou.

"O Mão na Roda me deu asas." - Janilda Rosindo, atleta de basquete sobre rodas.

"O Mão na Roda me ajudou muito, pois antes eu dependia da ajuda das pessoas para ir trabalhar e ir a outros lugares. A minha cadeira é motorizada, muito pesada e só é possível ser usada para sair de casa através do Mão na Roda. Ela não cabe em veículos de passeio. O Mão na Roda é liberdade e independência, isso para mim é tudo." - Elaine Cristina Chieppe, 24 anos, digitadora.
"O Mão na Roda significa liberdade de ir e vir, independência e facilidades. O veículo me pega em casa com hora marcada. Com ótimo atendimento e motoristas qualificados, representou também uma economia no meu orçamento doméstico, pois antes eu precisava usar veículo próprio para ir ao trabalho. É uma importante iniciativa do Governo do Estado" - Moisés Guedes Lima, 33 anos, programador.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard